Nota

Voltando…

Olá, pessoas!

A última postagem nesse bloguinho foi no dia 30/12/2016. Cá estou novamente em pleno 03/01/2018. O ano de 2017 foi bem intenso, a tal ponto que olho para trás e me admiro que vivi tanta coisa em 12 meses.

2017 eu ingressei no mestrado. Larguei meu emprego e fui morar em uma capital. Tive que aprender a lidar com a correria do trânsito, a depender de transporte público, a aproveitar melhor meu dia visto que passo um tempo precioso em ônibus, lidar com o primeiro assalto e, principalmente, a lidar com o ego acadêmico de alunos e professores.

Graças a Deus, nessa caminhada, encontrei pessoas super legais. Pessoas, que assim como eu, sofriam os baques acadêmicos, as frustrações financeiras, as cobranças de artigos, eventos, disciplinas…

Viajei para Salvador e Campina Grande. E ratifico: o Nordeste é o meu país!

Despedi-me de Belchior, lá no Dragão do Mar.

Conheci a Pauline Chiziane e a Marina Colasanti.

Comprei um celular de 500 reais que faz a mesma coisa que o meu furtado que foi 1.300. De certa forma me desapeguei desse aparelhinho que parece que se tornou uma parte de nós.

Talvez tenha sido o ano que menos tirei foto. Não sou mais tão adepta de selfies e de registar o que acontece na minha vida para, posteriormente, postar no Facebook ou Instagram. Aliás, consegui desativar e não se sentir falta do primeiro, e o segundo está na mira da desativação.

Senti-me muitas vezes burra e deslocada dentro da universidade. trabalhei esse sentimento e acho que não sou tão medíocre assim e que no final vai dar tudo certo. Aliás, não vejo a hora de terminar esse mestrado para poder voltar a ler em paz. Depois do ingresso, não consigo ler coisas fora da dissertação sem peso na consciência. Antes pensava em emendar no doutorado. Hoje não. Quero paz mental, espiritual (e acadêmica).

2018 mal começou e estou levemente cansada. Contudo é essa pseudo fadiga que me impulsionará. Haverá qualificação, defesa, copa, eleição e, possivelmente, a prorrogação de um concurso que passei em 2016 e que anseio muito ser nomeada.

2018, seja rápido e indolor, por favor.

Anúncios
Nota

Tag dos 50%

Vim fazer algo um pouco diferente aqui no blog para dar uma vida a esse pobre coitado tão esquecido pela dona. Vi em vários canais literários pessoas queridas respondendo-o, e achei bem interessante por dar uma avaliada nas leituras do primeiro semestre de 2016. Até o dia atual li 60 livros. Estou até admirada com esse número, mas ele se deve em boa parte pelos livros digitais curtinhos que estou dando prioridade e também aos livros da Agatha Christie que estou lendo em ordem cronológica.

Vamos lá!

01) O melhor livro que li até agora.

Os Miseráveis, do Victor Hugo.

02) A melhor continuação que li até agora.

O terceiro livro da trilogia Millennium, do Stieg Larsson

03) Algum lançamento do 1° semestre que vc não leu, mas quer muito.

Não é uma obra inédita, mas quero muito ler Dom Quixote na nova edição da Nova Fronteira.

04)Livro mais aguardado do segundo semestre.

Desconheço os lançamentos :/

05) O livro que mais te decepcionou em 2016.

O da Jout Jout.

06) O livro que mais te surpreendeu esse ano.

Hibisco Roxo. Obra incrível!!!!

07) Novo autor favorito.

Chimamanda Ngozi Adiche

08) Sua quedinha por personagem fictício recente.

Remo Lupin, do Harry Potter. Não sei explicar… acho que é o mistério em volta dele… sei lá! kkkkk

09) Seu personagem favorito recente.

Guta, de As Três Marias, da Rachel de Queiróz.

10) Um livro que te deixou feliz.

Ana de Amsterdã, da Ana cássia Rebelo. Não que o que tenha lido tenha me arrancado risos… fiquei feliz por não me sentir só, por ler muitas coisas que eu também sinto e achar que eram loucuras particulares. Foi muito bom me ver em outras dores.

Ah! Ri muito com algumas passagens de Guerra e Paz, do Tolstoi. Porém isso não fez eu continuar a leitura… acabei deixando para outro momento.

11) Livro que fez você chorar.

O Desfile de Páscoa, do Richard Yates. Chorei muito com as vidas antagônicas das duas irmãs.

12) Melhor adaptação cinematográfica até agora.

Nenhuma :/

13) Sua resenha favorita do primeiro semestre.

Todas da Carol Ribeiro.

14) Livro mais bonito que você comprou/ganhou esse ano.

Ana de Amsterdã. Acho a capa belíssima!

15) Quais livros preciso ler até o final do ano.

Quero muito ler até o final do ano A Divina Comédia, como também terminar as leituras de O Outono do Patriarca, do García Márquez; e O Obsceno Pássaro da Noite, do Donoso, que estão parados e estou sem um pingo de vontade de continuar.

 

————-